terça-feira, maio 09, 2006

Meu marido trabalha numa empresa que recebe clientes que vem de várias partes do mundo, mas na maioria das vezes são japoneses. Sempre que é possível, meu marido os leva para darem uma volta pela cidade. Ele acha que essa é uma forma de retribuir a gentileza, já que ele sempre encontra alguém assim quando viaja.

Da útima vez quem esteve aqui foi o Akira San, mas como os dias estavam muito atribulados ele não conseguiu fazer isso com o Akira. Mas no dia do cara voltar para o Japão ele falou:

- Que pena Akira san que não deu pra eu te levar em algum lugar dessa vez.

ele respondeu

- Ahh não tem problema não. Ontem eu sai sozinho pra dar umas voltas por ai.

Meu marido ficou surpreso. Como um japonês que não fala nada de português tinha conseguido se virar sozinho. E perguntou:

- É mesmo! Onde você foi?

- Eu queria almoçar e comprar algumas coisas. O Mauriro san me ensinou como pegar o ônibus então fui num supermercado aqui perto. O nome dele acho que era Êxtura-aberuto.

Meu marido riu.

- O nome é Extra Akira san. Esse aberto aí significa que o mercado fica aberto 24 horas. E o que você almoçou lá?

- Ahh eu não almocei lá não! Eu almocei no ponto de ônibus.

Meu marido não entendeu nada. E perguntou de novo :

- No ponto de ônibus Akira san ! O que você comeu lá?

Ele contou todo eufórico.

- Ahh tinha uma comida muito boa lá. Tinha um homem com um fogo aceso e em cima do fogo uns pedaços de carne espetados no palitinho. Que delícia que era aquilo. E olha só, custava só um real!

- Akira san não acredito que você comeu churrasquinho de gato , hahaha!

E explicou pra ele como supostamente eram feitos os churrasquinhos de gato. Ele achou a maior graça e continuou.

- Muito bom esse chu-churasquim de gato! Gostei tanto que até vou levar alguns pra comer hoje no avião.

- Não faz isso não Akira san. Aquilo frio vai ficar horrível.

- Nããããão. Não vou comer frio não. Vou pedir pra comissária esquenta los no microondas. Ahh não posso esquecer de colocar aquela areia branquinha. Como chama aquela areia mesmo?

- Farinha, Akira san. Farinha ...


5 comentários:

Liduina disse...

Oi Márcia!
O nome do supermercado, o churrasquinho, a "areia branquinha"...tudo mto engraçado hehehe. Vc é realmente uma "contadora de histórias"...verdadeiras, claro rs!
beijos
Lidu

Anônimo disse...

Tadinho do Akira.....

Anônimo disse...

Tadinho do Akira.....

franka disse...

extura aberuto!
ahahahahahahahaahah!

Cláudia disse...

Imagine a propaganda da culinária brasileira que ele vai fazer por lá.
Todos os japoneses em visita ao Brasil vão querer provar churrasquinho de gato.
Vai faltar gato, ainda bem que meu apartamento é andar alto e telado, não corre o risco da minha gatinha ir parar na barriga de um turista desavisado.