quarta-feira, julho 12, 2006

Crianças sempre rendem histórias engraçadas ou trágicas. O meu sobrinho Henrique derramou café pelando no seu corpo quando tinha um pouco mais de um ano de idade e até hoje ele se lembra disso. A minha mãe conta que meu irmão quando era pequeno, num minuto de distração dela, pegou uma frigideira no fogo e enquanto ele falava hummm que gostoso, ele ia virando todo o óleo quente sobre o corpo dele.

Mas a minha manicure contanto das travessuras da menina dela foi demais. Uma verdadeira tragicomédia.

Ela chegou em casa do trabalho e descobriu que a filha tinha tomado água sanitária. Claro que na hora ela ficou desesperada e perguntava pra menina:

- Filha quanto você tomou disso?
- Eu tomei tudo mamãe!

Na época a menina tinha uns 3 anos, bem naquela fase em que a mãe sempre fala Come tudo meu bem! Ta gostoso, não deixa sobrar nada. Bebe todo o seu suquinho . Daí o motivo pelo qual a menina sempre respondia que tinha tomado tudo, afinal ela sempre era elogiada por isso.

Ela disse que estava apavorada, e aquela altura já chorando e pensando em alguém que pudesse leva-la ao hospital, mas a menininha continuava:

- Não chora mamãe! Eu tomei tudo óóó ? E apontava pra garrafa vazia.

No final ela conseguiu levar a menina no hospital, e na verdade ela nem tinha tomado tanta água sanitária assim porque depois se descobriu que a garrafa já estava no final. Fizeram uma lavagem e no dia seguinte ela já estava aprontando de novo.

Hoje, tanto ela como minha mãe, contam essas histórias achando graça, mas na época deve ter sido um deus nos acuda.

Mas acontecimentos assim também fazem parte da nossa infância e atire a primeira pedra quem nunca deu um susto desses na sua mãe :)






Um comentário:

Anônimo disse...

best regards, nice info
» » »