terça-feira, janeiro 09, 2007


Eu não gosto de curau, mas adoro creme de milho. Eu não gosto de pamonha, mas amo milho cozido.

Pois bem, há mais ou menos um mês atrás apareceu um moço vendendo milho cozido aqui perto da minha casa. Quase todos os dias, quando estava voltando do trabalho eu parava pra comprar milho cozido dele. Às vezes estava caindo um mundaréu de chuva, mas eu parava assim mesmo. Pois por aquele milho, valia a pena!

Bom, não tem segredo nenhum fazer um milho cozido né? É só água, sal e milho. Mas sei lá, o dele parecia ter um algo a mais. Quando eu perguntava: Moço o que você coloca nesse milho pra ele ficar tão gostoso? Ele só me dava um sorriso maroto.

Mas desconfio que acabei de descobrir o segredo dele!

Da penúltima vez que encontrei com ele, ele estava parado no mesmo local. Tinha acabado de cair uma chuva daquelas, e enquanto eu aguardava ele escolher meus milhos, passou um ônibus em alta velocidade sobre uma poça d'água e fez com que ela espirrasse aquela água suja, preta e cheia de óleo de carro pra todo lado. Inclusive no caldeirão de milho do moço! Mas na hora nem liguei. Paguei meu milho e vim embora pra casa feliz da vida comer eles.

Depois desse episódio o moço sumiu. Procurei-o por varias vezes no local que ele costumava ficar e nada!

Mas hoje quando voltei pra casa, encontrei uma moça que vinha comendo milho na minha direção, e logo imaginei que ele tivesse voltado. Ele não estava no local de sempre, mas depois de dar umas voltas pelo quarteirão, finalmente o encontrei. Com a boca salivando, já fui logo ordenando pra ele: três milhos pra viagem, com sal e manteiga. Paguei e corri pra casa.

Mas que decepção! O milho não estava nem de longe parecido com os outros que eu já comprei dele. Tava duro e sei lá, sem graça! Aí me lembrei que não vi nenhuma poça d'água suja perto do caldeirão hoje.

Tá explicado. Só volto a comprar milho dele novamente o dia que ele estacionar o carrinho no mesmo local. E claro, só se estiver chovendo!

5 comentários:

Naeno disse...

O Deus que há em mim já tem saudao Você.

Um beijo na pele do teu coração.

Naeno

Naeno disse...

O DEUS QUE HÁ EM MIM JÁ TEM SAUDADO VOCÊ!

era isso,

Um beijo,

Naeno

Jôka P. disse...

Marcia, sou fã de todas as guloseimas feitas com milho, sempre compro curau aqui na esquina da Av. Copacabana.

O deus que há em mim está morrendo de rir da bispa Sônia.
Aleluia !

Sonho Meu disse...

Eka...
So Deus sabe o que tinha naquela agua de rua. Vige.
Mas aí vai o segredinho do milho que eu faço sem agua suja hehehehehe.
Quando vc for cozinha-lo... coloque algumas folhas do milho dentro da agua do cozimento.
Podes cre, fica uma uma delicia e vc nao precisa comer milho de agua de chuva. hehehehehehe
bjokas,
me

Telma disse...

Oi Márcia
Viu como a festa foi boa?
Reeencontrei vários amigos, e conheci a Beth, que já era amiga de Denise,uma figura maravilhosa.
Recebi a encomenda que vc mandou pra Denise, Bia vai viajar dia 20, já estou com saudades.O que ela mandou pra vc, já deve estar chegando por aí.
Agradeço e retribuo os votos de feliz Ano Novo. Que 2007 venha carregadinho de coisas boas para vc.
Beijos