sexta-feira, março 09, 2007

Uma Idéia Brilhante.



Essa semana eu fui vítima do famoso golpe “alguém da sua família está sendo seqüestrado”. Na verdade não aconteceu diretamente comigo. Ligaram na minha casa, e como era dia de limpeza, foi a minha ajudante do lar que atendeu a ligação e caiu no conto do vigário.

Quer dizer, por pouco ela não caiu no conto, porque quando ela atendeu ao telefone, já colocaram uma moça qualquer pra ficar chorando na linha e chamando pela mãe. Os meliantes disseram a ela que era pra ela separar tudo da “patroa” que eles iriam passar lá para pegar.

Claro que ela ficou apavorada, mas numa presença de espírito tremenda, ela resolveu desligar o telefone, e depois de constatar que a filha estava bem, resolveu me ligar pra contar o que tinha acontecido.

Ela ainda estava super nervosa, porque ela achava que era provável que os caras aparecessem por lá. Como eu não sabia se ela tinha dado ou não o endereço para o fulano e para tranqüilizá-la, disse a ela que ia ligar para a polícia.

Liguei, contei a história para o policial e disse a ele que a moça estava apavorada em casa e se ele não achava conveniente mandar uma viatura lá. Ele me confirmou que era o tal golpe e que não havia necessidade de deslocar um policial para isso. Que eu ligasse novamente em casa e tranqüilizasse a moça.

Enquanto eu ligava para casa, tive uma idéia brilhante! Naquele momento eu podia até sentir aquela lampadinha acendendo na minha cabeça, igual ao dessa mocinha aí da imagem.

É que eu me lembrei que na semana passada a gente teve que fazer uma reforma no quintal por conta de um vazamento, e desde então, tem vários sacos de entulho esperando um rumo na vida lá no meu portão. A questão é que é pouco entulho para uma caçamba, e por outro lado a gente não quer mandar aquilo misturado com lixo comum. Essa era a grande oportunidade que eu tinha para me livrar deles!

Quando ela atendeu ao telefone eu disse:

- Olha Regina, se eles ligarem de novo, diga que você já separou tudo da “patroa”. Que está tudo dentro dos sacos aí no portão.

Mas agora me pergunta se eles ligaram? Claro que não né, e os entulhos continuam lá esperando um destino no meu portão...

2 comentários:

Anônimo disse...

Márcia,

Aconteceu com a minha mãe também, mais ou menos há um mês atrás... e ela está tomando calmante até hoje....
O que é isso hein... pelo amor de Deus...
A gente tem vontade de pegar a malinha e cair fora né...

Bjk

Val

IG disse...

Uma vez ligaram pra casa também (quando eu ainda morava no Brasil).

Falaram comigo mesmo e disseram "sua filha foi seqüestrada". Eu comecei a rir na cara dura. Desligaram na hora!

Beijo.