domingo, julho 20, 2008

Seduzida pelas diversas publicações que tem saído ultimamente com títulos de os cem melhores isso e os mil melhores daquilo, resolvi escrever meu próprio livro contendo os cem melhores doces que você deve comer antes de morrer.

Mas será um livro totalmente diferente: Não terá nada de receitas, nada de histórias, nada de origem e muito menos variações do mesmo doce, seguindo receitas de determinado chef. Se a pessoa nunca tiver comido doce de abóbora, por exemplo, poderá ali, após uma simples lambida de página descobrir o sabor dessa e de várias outras iguarias.

A princípio eu pensei em fazer as páginas comestíveis, mas aqueles mais gulosos comeriam meu livro em menos de uma semana, o que obrigaria a companhia das letras produzir e vender cada vez mais e mais exemplares do meu livro, e o que consequentemente me traria jabutis, nobéis, dinheiro, fama e minha vida se tornaria patética demais. Portanto optei só por ter páginas lambíveis.

Mas o melhor vem agora. Cada lambida terá só dez calorias, mas se você der quinze, serão só três calorias e meia. Genial não?

Mas como vocês devem imaginar, fazer um livro desses não é nada fácil. Pode levar um mês, um ano e talvez até um século. Então quero deixar aqui um aviso. Se eu demorar muito para voltar a aparecer por aqui, lembre-se que a culpa é do livro :)

Um comentário:

paliavana4 disse...

Por obséquio, Madame, separe para mim, desde já, 5 exemplares do que for pertinente a "doce de jiló", e o mesmo número de exemplares para "geléia de mocotó".

Infinitamente grato, vosso serviçal.