sexta-feira, maio 08, 2009

Presentes toscos do Dia das Mães

Eu estava tentando achar uma cestinha feita de sabonete que eu costumava fazer e dar de presente para a minha mãe, no Dia das Mães, quando era criança. Eu aprendi a fazer a tal cestinha na escola e depois que aprendi aquilo, afe, era a única coisa que eu dava pra ela.

A cestinha era feita com sabonete Lux e em volta do nome Lux, a gente espetava vários alfinetes num formato meio retangular e fazia isso nos dois lados. Depois pegava uma daquelas fitas que normalmente as pessoas usam para dar acabamento em bordado ( como é o nome daquilo, fetilho? ) e começava a "trançar" de cima pra baixo, cobrindo todo o sabonete. A parte de baixo onde tinham os alfinetes, era usada como base, pra deixar a cestinha em pé, embora ela vivesse cambeta. A parte de cima, a gente colocava umas florzinhas que já vendiam prontas nos armarinhos e também as prendia com alfinete. Pra falar a verdade, aquele simples sabonete virava uma arma letal, de tanto alfinete que tinha espetado nele. E pra finalizar, com a mesma fita se fazia uma alcinha que era presa uma ponta de cada lado, de novo com alfinetes.

É incrível, mas esse é o único presente que eu me lembro de dar a vida inteira na época de escola pra a minha mãe. Chegou uma época, que o desespero dela era tanto em ter que ganhar de novo aquela tranqueira, que era só chegar o Dia das Mães e eu começar a pedir sabonete, que ela dava um jeito de desaparecer com todos eles lá de casa. E o pior, com o passar do tempo, ele amolecia um pouco, misturava com pó, já que ficava exposto e aquilo virava um nojo ...

Achei uma pena não encontrar nenhum modelo daquelas cestinhas aqui na internet, mas se minha mãe souber disso, com certeza ela vai dizer: Ainda bem! :)

Um comentário:

Revendedoras Anas disse...

Oi Namastê, vi seu blogger sobre o sabonete de cestinha, eu aprendi e é muito interessante para dar de presentes. Estou vendendo muito, pois as pessoas gostam para perfumar os armários. Abraços, Ana.