quinta-feira, outubro 20, 2005

Essa semana Dona Franca fez um post falando sobre o nojo e contou uma história bem nojenta lá. A caixa de comentários da mulher tava explodindo de gente nojenta ( no bom sentido, é claro). A Anna tem nojo de respirar no velório, tem um dentista lá com nojo da boca de pacientes, e quanto mais se falava em nojo mais coisa nojenta aparecia por lá.

Bom esse post fez com que a Lúcia desenterrase uma história bem nojenta no arquivo morto da minha memória. Juro que até então eu não me lembrava mais do acontecido, mas graças a ela, ei-la! Atenção crianças esse post é bem nojento, e se você tiver estomago fraco, saia já da sala.

Uma vez eu deixei um pouco de comida na tigela de um dos meus cachorros e quase tive um treco quando fui recolher ela pra lavar no dia seguinte. Vocês não imaginam o que pode resultar uma combinação de resto de comida + calor + a visita de uma mosca varejeira. Eu só percebi que havia alguma coisa de errada quando eu vi vários "arrozinhos" se mexendo na tigela. A princípio eu pensei que eu tivesse com vertigem até me dar conta de que aquilo não era exatamente uns inocentes grãos de arroz !!!!

Eca, Eca, Eca, foi a coisa mais nojenta que eu já vi na vida! Era um monte verme branquinho. Eu fico com a cara toda retorcida só de escrever isso aqui. O pior é que eu estava sozinha em casa e "precisava" limpar aquilo. Depois de uns minutos me contorcendo de tanto nojo e gritando sozinha e com certeza fazendo a cara mais nojenta do mundo, eu ainda tive que jogar aquele negócio horroroso no lixo, mas eu devo ter colocando uns cinquenta saquinhos de mercado, um dentro do outro, pra me certificar que aqueles bichos não iam sair dali e passei o dia verificando a lixeira pra ver se não tinha escapado nenhum. Depois só não fiz bochecho com água sanitária, porque de resto usei ela em tudo quanto é lugar que eu tinha direito.

Credo, não gosto nem de me lembrar daquele dia e vai ver é por isso que até já tinha esquecido dessa história, mas graças a Lúcia, ela esta vivinha aqui na minha memória ...

Francamente viu Lúcia :)



Um comentário:

Ciça disse...

Ai pelamordedeus, venho aqui toda prosa, lepta e fasceira depois de tanto tempo e é assim que tu me recebe??? Muito obrigada sua nojenta!!! hahahahahahahaha. Já respirou em cima de uma fossa???