quinta-feira, outubro 27, 2005

No dia das crianças eu comprei um livro para o meu sobrinho Henrique, que tem oito anos . Quando ele abriu o livro, ele virou pra mim e disse:

- Aiii tia Marcia, esse livro é para bebezinho. Tem duas frases em cada página. Eu vou ler isso em cinco minutos !

E eu fiquei lá com aquela cara de tacho olhando pra ele ...

Essa semana eu comprei um outro que fala sobre o corpo humano. O livrinho é bem legal e ensina um monte de coisas interessantes, inclusive como nascem os bebes. Quando eu disse isso pra Zana ela falou:

- Mas Márcia, ele é muito novo pra aprender isso!

Quando eu falei para o Rogério ele me disse a mesma coisa.

Agora tô aqui pensando se eu devo ou não dar o livro pra ele. Primeiro pensei em arrancar aquelas páginas, mas desisti porque atrás de cada uma delas tem outras informações. Depois pensei em grampear as páginas e colocar um aviso Só leia isso quando você tiver 18 anos , mas tenho certeza que ele não vai aguentar esperar até lá ...

Pensando bem, eu vou dar o livro pra ele assim mesmo, e dessa vez eu quero ver quem é que vai ficar com cara de tacho :)

2 comentários:

Renata disse...

Oi, Márcia, cheguei ao seu blog viajando de link em link... o título foi o que me cativou de cara, adorei. Curti bastante o espaço, darei um pulo aqui sempre que der... bjo grande!

Zilá disse...

Mas Marcia, oito anos não é novo coisa nenhuma...ih, foi com essa idade que eu aprendi sobre as coisas. Vai ver ele já até sabe...mas se vc tem dúvidas, troca por outra coisa então. Dizem por aí que essas coisas libidinosas (ahahaha) a gente só fala se eles perguntarem. Sei lá, isso vai de cada pai e mãe. Eu só vou falar se eu perceber que estão curiosos ou me perguntarem.
Mas acho que não tem nada demais nesses livros educativos. Mas se ele por acaso não sabe de nada mesmo, hum, acho que talvez seria melhor os pais contarem...desculpa aí o meu palpite.
beijos