sexta-feira, dezembro 02, 2005

As pressoas que frequentam esse blog devem imaginar que eu habito em algum cenário de filme do Tim Burton, tamanha é a quantidade de causos esquisitos que eu conto aqui. As vezes eu também acredito nisso ...

As esquisitas da vez são as ciganas. É, perto do escritório, de quando em quando, aparecem aquele bando de ciganas, cheias de filhos, atormentando o povo que passa para ler a mão. Elas são extremamente inconvenientes e grudentas. Grudentas também no sentido próprio da palavra, porque banho ali, elas não devem ver faz tempo. São sujas, mulambentas mas com a boca reluzente de tanto ouro! E quer saber mais? eu morro de medo delas!

Essa semana eu fugi delas de todo jeito. Quando eu avistava uma lá longe, já mudava meu caminho e até agora estou sã e salva ! Mas teve uma vez que não teve jeito ...

Eu estava passando por uma calçada e quando vi já era tarde. Tinha lá um monte delas. Eu resolvi fazer a cara mais feia do mundo (tudo bem, eu sei que não preciso fazer muito esforço pra isso) mas como eu disse, elas são grudentas e nesse dia uma delas me pegou pelo braço e eu tentando me soltar daquela sujesmunda comecei a gritar:

- LARGA MEU BRAÇO!!!! EU NÃO QUEROOOOOOO !!! SAIIII !!! JÁ MANDEI VOCÊ ME SOLTAR !!!!

Ufa! foi difíciil, mas no fim ela desistiu .

Hoje quando sai do escritório, eu estava decidida a dar uma guardachuvada nelas, mas ainda bem não cruzei com nenhuma no caminho. Deve ser por causa da chuva, e se for isso mesmo, eu espero que continue chovendo aqui por muito tempo ...

Um comentário:

Zee disse...

Nossa, eu me lembro que uma vez, uma baixinha com dente de ouro e vestido amarelo me agarrou o braço e eu fiquei puta da vida. Ela me rogou praga, a desgraçada. Tudo cambalacheira.
beijos